Encontrar empresa por:

Ícone TítuloColunas

Compartilhe:

Gratidão

Acabamos de fechar um ano e começar outro.
 
Há poucos dias, pessoas estavam fazendo reflexões sobre tudo o que aconteceu e sobre o que não aconteceu também: quantos sonhos foram realizados, quantas pessoas novas passaram a fazer parte do rol de amizade, quantos sabores novos pode provar, quantos lugares novos conheceu, quantas lágrimas derramou, quantos abraços deu e ganhou, quantas pessoas ajudou e por quantas foi ajudado.
 
Gosto muito da prática do pote de agradecimentos e sugiro a todos que pratiquem em seus lares e em suas empresas. Ele é algo muito simples, mas que faz toda a diferença, principalmente nos momentos em que nossas forças são testadas e esquecemos de agradecer todos os presentes que ganhamos ao longo de um dia, de uma semana, de um mês, de um ano.


 
Você já parou para agradecer a dádiva de poder caminhar até o portão de sua casa sozinho? Muitas pessoas não têm essa benção, sabia?! Já agradeceu por não respirar por aparelhos, por poder enxergar todos os dias o sorriso de seu filho, por poder sentir o delicado perfume da pele de sua esposa, por poder pensar para achar soluções para problemas diários, pela oportunidade de estar rodeado de pessoas que se preocupam contigo, por ter a quem amar?
 
Neste exato momento, existem pessoas desfrutando de seus presentes de Natal, buscando academias para queimar suas calorias da ceia de ano novo, arrumando as malas para ir viajar.
 
Neste mesmo momento, existem pessoas sem uma roupa para vestir, sem um teto para morar, sem nunca terem visto um Papai Noel, sem alguém para as abraçar.
 
Na minha caminhada da vida, mais e mais tenho aprendido a agradecer por cada oportunidade recebida, por cada pessoa que passa por meu caminho e com a qual eu colaboro para sua evolução, de qualquer forma que seja. Agradeço também por cada um que me ensina algo, afinal, a vida é uma troca constante: um ir e vir, um chegar e partir. Estamos aqui de passagem, com uma estadia breve ou longa.
 
O sentido da vida está em pautá-la em valores nos quais acreditamos e fortalecê-los, dia após dia. Quando criamos uma corrente do bem, o Universo conspira a nosso favor – isso é real.
 
Para os descrentes, pensem na física quântica, na energia. Todo pensamento, toda emoção emana uma determinada energia, positiva ou negativa, mais ou menos forte. Tudo tem energia: uma prece, uma música, uma fala, um olhar, um pensamento, um abraço, um desejo.
 
Quantas vezes aconteceu de você desejar algo e quando já havia esquecido, aquilo aconteceu? Essa é a resposta para a energia que emanou ao universo! Então, seja grato a cada detalhe que compõe sua vida.
 
Voltando ao pote de agradecimentos, funciona da seguinte forma: todos os dias, coloque um papel com três agradecimentos do dia, sobre qualquer tema, bastando ser algo que lhe trouxe crescimento naquele dia. No começo pode parecer difícil, mas, como um novo hábito se adquire com 21 dias de repetição, depois se torna natural e prazeroso fazê-lo.
 
Ao final de um ano, leia todos ou, ao menos, alguns desses papeis e perceba quantas bênçãos recebeu ao longo de um ano. Para os mais preguiçosos, um recado: não deixem de fazer esse exercício, mesmo que seja uma vez por semana. Ao final de um ano, vocês verão que há sempre muito para agradecer.
 
E mais: não percam a oportunidade de agradecer às pessoas que os rodeiam, olhando-as nos olhos e dando-lhes um abraço ou um aperto de mãos sincero de gratidão. O bem que creem estar fazendo ao próximo, na verdade, estão fazendo a vocês mesmos.
 
De minha parte, entre tudo o que agradeço, também está a oportunidade de poder compartilhar meu ponto de vista com todos aqueles que leem meus artigos. Desejo, sinceramente, que eles possam acrescentar algo de bom na vida de cada um de vocês, assim como certas leituras fazem em minha vida.
 
Felicidade e gratidão!